Arquivo

Posts Tagged ‘blog’

Os arautos da hipocrisia

Tudo o que você disser poderá ser usado contra você no tribunal. Nunca essa frase, tão comum em filmes ou em flagrantes policiais se encaixou tão perfeitamente nos dias de hoje, principalmente na internet.

As redes sociais transpuseram o limite do público e do privado e muita gente ainda não entendeu que o que você escreve na internet (desde os tempos do blog) poderá ser lido por milhares de pessoas e, consequentemente, alvo de opiniões contrárias e, muitas vezes, críticas.

Logo, tudo aquilo que você escrever em sua rede social será avaliado e, certamente, criticado, com grande risco de você ser escorraçado pela opinião pública, com grande repercussão na imprensa. Há também situações que suscitam embate entre o direito de dizer o que bem entender e as possíveis consequências daquilo. Como exemplo, há casos e mais casos de tweets preconceituosos contra os nordestinos, negros, judeus, gays, mulheres, etc.. Muitos exemplos bastante recentes, que nem se faz necessário ficar recordando.

Esse é um ponto, que evidencia o outro: o mundo sempre foi cercado de pré-conceitos que, muitas vezes, se transformaram em preconceitos, que foram alvos de crítica. Ocorre que, com uma maior visibilidade do que ontem era restrito a um bate papo pessoal entre amigos, sua repercussão ganhou ares de Big Brother.

Diante disso, vivemos atualmente o boom do politicamente correto, que abre espaço apenas para os bons moços, que nunca se posicionam, apenas douram a pílula e utilizam de frases feitas para agradar os amigos ou o seu público em algum canal de TV ou em algum blog.

O que não invalida o fato de que há muita gente falando bobagem, destilando todo o seu preconceito em seus perfis sociais, revelando o quanto ainda é preciso evoluir a humanidade para poder conviver com a tal harmonia que os profetas da felicidade tanto apregoam estarmos próximos.

Enfim, não é só o mundo que anda chato demais. São algumas pessoas que usam as redes sociais para patrulhar a vida dos outros. Como sempre foi. Só que antes as donas de casa ficavam nas janelas olhando a movimentação na rua, na praça. Hoje, as pessoas vasculham na internet o que as outras dizem e passam a criticar, assumindo para si o papel de arauto dos preceitos do universo. De qualquer forma, a patrulha é a mesma.

Voltando…

Êta “outra hora eu volto” demorada, né? Demorou exatos três meses e 13 dias para eu colocar um post novo neste blog. A falha é grave, mas é explicável de forma muito simples: passei o mês inteiro de fevereiro escrevendo a dissertação, março revisando-a e abril acertando os últimos detalhes. Sem falar em outras obrigações profissionais nesse meio tempo que me deixaram bem longe de casa, num dejavú do que foi vivido em 2010.

O fato é que eu fiquei longe de alguma calmaria para poder atualizar este espaço tantos foram os afazeres após meu retorno da Venezuela, que parece longínquo, levando-se em conta a quantidade de tarefas que me consumiram nesse intervalo até aqui.

Mas é isso. Agora estou de volta, sem mestrado (falta só agendar o dia da banca de defesa), sem emprego, sem perspectiva, com muito tempo para pensar o que fazer e, por isso, o blog voltará, mesmo que aos poucos. Preciso testar formatos para o blog, além de me testar, propondo certas coisas que somente aqui no blog eu teria como fazer, para saber para onde trilhar os próximos passos.

Por isso, antes de definir formatos, atualizações, formas e conteúdos, apareço para um “olá” e um “até daqui a pouco”, me comprometendo a atualizar mais este espaço. É isso. Até já. Mas já mesmo.

Categorias:Notícias Tags:, ,

Divulgando…

Olá amigos.

Gostaria de postar mais uma coisinha sobre o projeto citado ontem neste espaço.

O documentário “Vila Maria Zélia: histórias de uma São Paulo de ontem, hoje e sempre” recebeu uma menção no blog Nota de Rodapé, do jornalista Thiago Domenici, ex-Caros Amigos e outros veículos. Além de falar do documentário, ele aborda também a luta para obter recursos para viabilizar o projeto.

Para ler a nota basta clicar aqui.

E quem quiser divulgar esse trabalho, sugerir algo ou apenas bater um papo, é só entrar em contato, seja pela caixa de comentários do blog ou pelo e-mail: docmariazelia@gmail.com.

Para acessar ao blog do projeto, clique aqui.

Quadrinhos de Um Sábado Qualquer narra criação do universo com humor

Aproveito que hoje é sábado para indicar um blog de quadrinhos fantástico que conheci por algumas retuitadas no Twitter. Trata-se de Um Sábado Qualquer, feito pelo designer e ilustrador Carlos Ruas, que aborda a criação do mundo de uma forma bem humorada, através de tirinhas curtas e muito bem sacadas.

O blog tem cerca de 15 mil acessos diários com tiras engraçadíssimas, feitas de “uma forma fofinha”, como comenta Carlos Ruas em entrevista à CBN, que blogo abaixo. Outra coisa interessante é que as tiras seguem uma ordem cronológica da criação do universo, como se estivéssemos “lendo” a Bíblia, pelo menos na semelhança dos temas tratados no livro.

Os personagens principais são, claro, Deus, o Diabo (chamado hilariamente de Luciraldo), Adão e Eva. Mas além desses, as tirinhas também possuem outros personagens, como o naturalista inglês Charles Darwin e o filósofo alemão Friedrich Nietzsche. Para ir direto nas tiras desses dois pensadores, clique aqui e aqui. Vale a pena.

Para conhecer o site, acesse: http://www.umsabadoqualquer.com.

Para ouvir a entrevista com o criador do blog, Carlos Ruas, vá ao site da CBN, clicando aqui!

Blog Action Day

Um blog sozinho não faz verão. Mas toda a blogosfera pode fazer e muito em prol da humanidade, pois a capacidade da internet em propagar informação é conhecidamente imensa. E esse aspecto se torna positivo quando o objetivo é conscientizar as pessoas sobre um tema tão importante quanto o meio ambiente.

É com esse pensamento que foi criado o Blog Action Day, evento que acontece desde 2007 e reúne blogueiros de todo o mundo para abordar um tema especifico em um único dia. Este ano o meio ambiente entrou na pauta por meio da escolha da temática das mudanças climáticas

Para se ter uma idéia deste potencial de disseminação, enquanto este texto era escrito, foram computados mais de 9 mil blogs, em 150 países, formando mais de 12 milhões de leitores que estão tomando contato com esse problema que já tem afetado o planeta e pode agravar ainda mais a vida na Terra. E esse número não pára de crescer.

Se você tem um blog, escreve algo relacionado ao tema do Blog Action Day e participe!

Blog Action Day Brasil

Blog Action Day (em inglês)

Ps: esse texto eu acabei de escrever pro Mobilefest, que apóia esta iniciativa. Retirei, claro, a parte institucional do Mobilefest, porque não cabe no meu blog. Fica só o Blog Action Day, que achei uma proposta interessante.

Quem quiser ler o texto completo do Mobilefest, clique aqui.

Blog do Luís Nassif

Pra quem gosta dde acompanhar blog de personalidades e, mais específicos, da imprensa, que normalmente tem algo a dizer, mesmo que você não cooncorde, blogo aqui hoje o sítio do Luís Nassif.

Política, jornalismo, atualidades, interação com os navegantes da internet, críticas e mais críticas, enfim, vale a pena dar uma zapeada de vez enquando. Para ver, por exemplo, o que ele chama “eita jogo difícil de entender, esse da análise política midiática”. Clique aqui e leia.

Para acessar o blog, digite: http://colunistas.ig.com.br/luisnassif.

Diário de blog

A dica de hoje é pra quem gosta de futebol e cinema. Está em montagem um documentário sobre a vida de Telê Santana, dos técnicos mais vitoriosos e lembrados do futebol brasileiro.

E para quem quiser acompanhar sua construção, os bastidores, os responsáveis pelo documentário criaram um blog, no qual contam o andamento das gravações, das entrevistas, as dificuldades, vídeos com trechos do audiovisual, trailler, etc.

O endereço é: http://documentariotelesantana.blogspot.com.

Vale a pena, primeiro, por acompanhar um diário de bordo de uma produção cinematográfica, que eu, particularmente, acho uma ótima idéia esse making of.

Segundo, porque é um trabalho bem interessante e arriscado, contar um pouco quem foi o batalhador, ranzinza e fechado Telê Santana, que, depois das Copas do Mundo de 1982 e 1986 fora chamado de pé-frio, mas, após o Bi-mundial pelo São Paulo, em 1992-93, formando a equipe mais vitoriosa da história do clube, foi alçado ao topo pela imprensa e opinião pública. E é sempre lembrado no Morumbi pela torcida tricolor, aos gritos mais que conhecidos “Olê, olê, olê, Telê, Telê”.

%d blogueiros gostam disto: