Início > Carreira > O primeiro tijolinho…

O primeiro tijolinho…

Olá.

Gostaria de compartilhar um momento de felicidade com vocês.

Ontem vi no site do Prolam (Programa de Pós-Graduação em integração da América Latina), no qual curso mestrado, que saiu na revista do programa um artigo de meu nome, em parceria com uma colega de estudos. É meu primeiro artigo acadêmico, oficial, produzido dentro do mestrado e reconhecido como tal. Foi uma alegria imensa, uma emoção realmente, enfim, mais um tijolinho colocado na construção desta casinha chamada mestrado/academia.

Já tomei muita porrada neste um ano e pouco de programa, a maioria com vistas a meu aprimoramento. Mas é sempre difícil você ver o lado positivo das críticas, ponderações e considerações e, ao mesmo tempo, se enturmar em um ambiente que você nunca participou. Sem falar na desesperança para ultrapassar metas, conseguir bolsa, etc. Angústias, medos, irritações, dúvidas, são bastante comuns nesse processo, em que se aprende e se sofre muito. Em contrapartida, são poucos os momentos de regozijo.

Portanto, a publicação deste primeiro artigo na Revista Cadernos Prolam/USP é o motivo de comemoração. É a coroação de um primeiro passo em muitos que precisarei dar ainda. Mas um de cada vez. E hoje é dia de estar contente com o trabalho feito até aqui.

Para acessar a edição eletrônica da revista, com os artigos e seus respectivos autores, clique aqui.

Para acessar diretamente o link do artigo, clique aqui.

Até mais.

Anúncios
  1. Célia
    02/09/2010 às 11:22 AM

    Oi, tudo bem? Gostei do seu blog, muito bacana mesmo. Parabéns.
    Eu entre por acaso porque estava procurando informações acerca do mestrado do PROLAM, e dai achei a leitura dos seus textos muito interessante.
    Vou abusar do contato e pedir a sua ajuda. Você pode comentar um pouco mais sobre o processo de ingresso no mestrado? Estou na dúvida sobre a prova escrita e se o contato com os professores orientadores antes de iniciado o processo é importante ou se isso não vem ao caso…
    Você pode me dar essas dicas?
    Muito obrigada, valeu

    Abraços
    Celinha

    Curtir

    • rodrigoherrerolopes
      06/09/2010 às 8:45 PM

      Oi Célia, tudo bem?

      Bacana você prestar as provas do Prolam.

      Bem, sobre a prova escrita, apesar das mil leituras que eles pedem, e é importante ler o que for possível daquilo, o que costuma cair (pelo menos era assim) são perguntas relacionadas com sua pesquisa, para que você explique de onde veio, de onde surgiu o tema e como você chegou até ali. Além, claro, de algumas reflexões importantes sobre América Latina. Enfim, é menos complicada do que parece ser, ainda mais se você está segura daquilo que quer fazer.

      Sobre o contato com os professores, cito a minha experiência: não tive contato com nenhum. Pedi ajuda pra professores amigos revisarem meu projeto, meu orientador na graduação fez a carta de recomendação (ele é ex-Prolam) e só. Não falei com ninguém de lá, apenas quando fui chamado para a entrevista. Há casos em que as pessoas conversam com professores, se tornam alunos-ouvintes, enfim, há várias formas de se chegar ao que se quer, bastando você decidir como e ir atrás.

      Acho que é isso. Se precisar de qualquer outra coisa, agora tens o meu e-mail.

      Grande abraço.

      Rodrigo Herrero Lopes

      Curtir

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: