Início > Notícias > Relatos de uma gripe…

Relatos de uma gripe…

O mais chato de ter gripe nessa época de epidemia e desespero é quando alguém vem na sua casa e você e a pessoa têm que usar máscara. Odeio máscara! Depois de um tempo a sua respiração fica quente demais, você não aguenta mais aquilo no rosto e pede pelo amor de Deus para acabar com aquilo.

Pior que usar durante o dia é usar durante a noite de sono, simplesmente impossível pra mim. Bom é que pelo menos eu pude tirar em algum momento, já que sou eu que está contaminando o ar, de qualquer forma – demorei pra achar a mascará quando acordei, deve ter “voado” pela cama. Minha mãe, que dormiu a noite passada aqui e estará nesta também, é obrigada a usar realmente o tempo todo.

Sair na rua então é terrível. As pessoas te olham com cara de horror, de medo, de desconfiança. Dá vontade de sair espirrando na cara de cada um para aterrorizá-los e dizer: “Não estou com lepra, droga!”. Afinal de contas, se usamos máscaras já estamos protegendo a nós e a quem está próximo, ora bolas!

Mas não posso reclamar do vírus da gripe, seja ele suíno, bovino, equino, caprino, humano, wathever. Estou sendo tão mimado pela minha mãe que está aqui desde ontem à noite e ficará até domingo pela manhã, e pela minha namorada, que esteve na hora mais complicada na sexta-feira, saindo de sua casa para me levar ao hospital, além de cuidar de mim durante quase todo aquele dia, e que passará o domingo comigo. Passo o tempo todo comendo, tem sempre uma coisa diferente, doce, pão, chocolate, sopa. Acho que vou até engordar, hehe.

No entanto, confesso que ainda tenho um pouco de medo com essa gripe que não se sabe se é a tal H1N1 ou não. Isso porque estou em quarentena, já que ontem tive febre muito alta, estava com muitas dores no corpo, garganta terrível. Repouso absoluto até segunda. E caso apresente algum sintoma respiratório, correr para o Emílio Ribas, que tem equipamento para fazer exame de identificação da tal gripe. A febre, dor de cabeça e pelo corpo se foram, ficando só a garganta e o nariz a incomodarem. Mas a cada tossida, nova companhia de hoje, o susto volta a lembrar minha mente desta terrível possibilidade. Vamos torcer.

Até amanhã, assim espero.

Anúncios
  1. lumdias
    03/08/2009 às 9:19 PM

    Ro, boa sorte ai!!! q de tudo certo!

    Curtir

  2. rodrigoherrerolopes
    04/08/2009 às 9:31 PM

    Oi Lu. Brigadão pela mensagem! : ) Beijo!

    Curtir

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: