Início > Notas > Dia de notas

Dia de notas

Olá pessoal. Correndo para concluir todas as pendências. Enquanto isso, como diria Flávio Gomes: “Gira Mondo, Gira”! Vamos às notas:

– A previsão do tempo não é nada animadora na Região Sul e Sudeste. E aí pra cima, pessoal, a chance de esquentar é melhor? Li que em São Paulo vai chover e em Porto Alegre vai até gear! Cruzes!

– Agora, algo surreal: “Brasil denuncia Reino Unido por envio de lixo tóxico”. Sim, é este o título da Folha On Line. Incrível, não? Um verdadeiro absurdo: “Nos últimos meses, 48 contêineres com resíduos como pilhas, seringas, banheiros químicos e fraldas chegaram ao Rio Grande do Sul e estão parados em Caxias do Sul e Rio Grande. Outros 41 foram mandados ao porto de Santos (SP). A Polícia Federal investiga o caso –o Reino Unido já aceitou receber o material de volta”. As empresas que importaram esta verdadeira droga alegaram ter fechado negócio com material para reciclagem e que as empresas britânicas enviaram esse monte de lixo tóxico. Mal dá pra acreditar nesse tipo de notícia. Depois, quando você ouve numa aula que a água do Rio Amazonas é traficada em navios europeus, você ainda duvida. Solidariedade? Zero. O que importa é explorar uns aos outros e degradar o que for possível, mas bem longe de seu quintal. Dúvida? Procure saber o quanto a China investe na África. E não é pra ajudar seus “irmãos”. Recursos naturais é o objetivo. Tem horas que ser humano, e viver, dá nojo.

– “Com aumento nos casos de gripe suína, três Estados discutem adiar volta às aulas”. Quer saber quais são os estados? São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Ebaaaaaaa! Muitos vão dizer. É, o clima de alarde e desespero na população começa a ser dado. Logo vamos ver pessoas com medo, correndo como loucas pra dentro de suas casas, ruas vazias, por causa de um raio de um vírus que mata menos que dengue, febre amarela, etc. Para ver o “mapa da doença no país”, clique aqui. De onde é? Pra ter esse título, só pode ser da Folha, claro.

– “Apoio de Lula a Sarney é vergonhoso, diz presidente do PT do Maranhão”. Finalmente alguém aparece para dizer o óbvio. Pena que é alguém fora do metiê e que foi deixado de lado por Lula em visitas pelo país. Mas enquanto os líderes nacionais enfiam, mais uma vez, o rabo entre as pernas, em nome do projeto do PT de governar o país (não importando em se locupletar do capitalismo mama-no-Estado que vivemos), alguém dentro do partido ainda tem vergonha na cara, ao menos, para criticar. “‘As lideranças nacionais estão evitando fazer críticas ao presidente Lula. Mas não tem como dizer de outro jeito: esse apoio é uma vergonha’, disse Dutra em entrevista por telefone. ‘Temos um presidente com 80% de popularidade. Temos um partido com 30% de preferência, o segundo colocado tem 8%. E aí, depois de sete anos de governo bem avaliado, a gente tem de pedir esmola para o Sarney? Não tem'”. Se bobear, ele vai ser expulso do partido ou sofrer uma moção, uma espécie de reprimenda, como é de praxe do espectro distorcido de centralismo democrático leninista que mal existe no PT.

– “Com Selic a 8,75%, poucos fundos batem rendimento da poupança”. Daqui a pouco vão começar a reclamar que a taxa de juros está caindo demais. Só no Brasil mesmo. Quando começam essas notícias ciscando na imprens, é porque vem crítica. Imploraram durante todo o governo Lula de que tinha que derrubar a taxa de juros elevada ao nível do absurdo durante o governo FHC, e agora ensaiam a contra-ofensiva. Bom para quem tem poupança, afinal de contas. Ruim para quem quer investir em fundos, já que os bancos não se mexem para atrair as pessoas, só querem dinheiro fácil, mais ainda. Mas são alternativas que o mercado vai ter de se adequar no cenário próximo, se nada catastrófico ocorrer. Mas precisa cair ainda mais essa taxa. mas não só esta, a dos bancos, a do cheque especial e muitas outras, que os bancos demoram para baixar, mesmo que a taxa-base seja reduzida pelo governo federal. A pressão deve ser mais forte a partir de agora nos bancos.

– “Mediador da crise de Honduras propõe que presidente deposto volte ao cargo na sexta-feira”. Esclarecendo a manchete da Folha: o mediador em questão é o presidente da Costa Rica, Óscar Árias. O presidente deposto Manuel Zelaya promete voltar à Honduras até sexta, clamando por uma guerra civil já em curso do povo contra os golpistas. Sem querer ser hipócrita ou pseudo-bonzinho: que os partidários de Zelaya consigam tomar o poder de volta, depondo essa oligarquia de empresários, burocratas da Justiça e militares. Se for via derramamento de sangue, que seja, já que a comunidade internacional não faz nada além de não reconhecer o governo interino de Roberto Micheletti e cortar algumas ajudas. A interferência deve ser maior, mas ninguém se mexe. E como os golpistas já disseram que não negociam a volta de Zelaya, que aceitou todas as condições da mediação, que a volta do governo de direito ocorra e que a vitória aconteça. Sem discursos diplomáticos, pois aqui não é o Itamaraty.

Até amanhã.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: