Início > Notícias > Come in, come out, tonight!

Come in, come out, tonight!

Olá.

A manhã hoje em São Paulo lembra a de uma cidade no norte da Inglaterra, bastante peculiar e parecida com a São Paulo da primeira metade do século, repleta das indústrias de chaminé.

As nuvens cinzas, o vento frio, pouca gente na rua: clima e a cidade neste sábado sentem Manchester. E uma das maiores metrópoles do planeta respira uma das maiores e mais famosas bandas de rock dos últimos tempos: Oasis.

Essa é a minha expectativa para a apresentação hoje à noite, em São Paulo, no Anhembi. A turnê sul-americana está extensa: depois de Caracas, Lima, Buenos Aires, Santiago e Rio de Janeiro, encerra em Curitiba (domingo) e Porto Alegre (terça).

Muita gente critica a banda pela pouca interação no palco, pelo excesso de brigas entre si e o uso midiático disso, pela ausência de sucesso recente, a não ser com o atual disco, Dig Out Your Soul (2008). Mas é o que o Noel e o Liam têm dito: depois de vender 50 milhões de discos, vou me importar com o quê?

E não é que venderam apenas no passado, continuam vendendo, levando multidões aos shows, na Inglaterra eles são deuses (há três apresentações no lendário estádio Wembley esgotadas há meses), o público acompanha, a mídia corre atrás. Enfim, os caras estão aí, não precisam ser admirados por seis bilhões de pessoas, contanto que os fãs continuem indo aos shows e comprando os discos. E se o fazem, é porque a banda continua boa, ao menos para eles.

E, para mim, está. Os dois últimos discos são muito bons, ao contrário da maioria que só elogia o último. Claro que esse tem algo a mais que não sei o que dizer, mas a queda do Heathen Chemistry* (2003) foi recuperado com o Don’t Believe the Truth (2005).

Não vejo a hora de ouvir Fuck in the Bushes, com suas luzes e preparação à entrada deles no palco, os primeiros acordes de Rock and Roll Star, o coro de Lyla e por aí vai – essa é a ordem das primeiras músicas, setlista é fixo na turnê.

Não sei quando vou até a enorme fila que já deve estar sendo formada nos arredores do Anhembi, mas um show como esse é sempre é para lavar a alma e, digamos, estou precisando. Em 2006 foi épico, aquele temporal todo e eles tocando a valer, empolgados de ve ro público saltando e berrando com todo aquele aguaceiro.

E hoje o clima está bem inglês. Espero que eles estejam afim e os rumores de que as coisas não andam bem internamente (dessa vez o Noel disse isso até em seu blog) não afetem a apresentação. Desejo que eles curtam estar com a gente hoje à noite tanto quanto os fãs vão curtir ess anoite que, para todos, será inesquecível.

E a melhor sensação do mundo é você sentir o prazer da expectativa, pois, assim, você saboreia ainda mais. Até amanhã.

Ps: perdão por ontem não ter tido post, mas passei o dia trabalhando
e à noite fui ver Wolverine, porque ninguém é de ferro né? Mas adianto: não gostei.

* Corrigido.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: